Capra rodeado pelas mulheres na APEDEMA: Cimara Machado (CEA), Edi Fonsenca (AGAPAN) e Lara Lutzenberger (Fundação Gaia). Porto Alegre, 2003. Foto: CEA

Em janeiro de 2003, a Assembléia Permanente de Entidades em Defesa do Meio Ambiente (Apedema/RS) com apoio de outras instituições, trouxe Capra ao Brasil e ao RS, para participar do III Fórum Social Mundial. Veja foto.

Veja mais AQUI

Confira a entrevista concedida por Capra ao jornal Folha de São Paulo

O físico e escritor Fritjof Capra, em edifício com vista para a marginal Pinheiros, em São Paulo

O físico e escritor Fritjof Capra, em edifício com vista para a marginal Pinheiros, em São Paulo. Foto de Rogério Assis/Folhapress

Folha – O sr. participou da Eco 92. Pretende voltar para o Rio+20?

Fritjof Capra – Não. Como estou ficando velho, decidi que vou agora me concentrar em escrever, inspirar pessoas e deixar a atuação política para os mais jovens, que são muito melhores nisso do que eu.

É só por isso ou o sr. não espera muito do encontro?

Infelizmente, não tenho grandes expectativas. Não espero quase nada do encontro oficial, mas teremos dois Rio+20, como tivemos duas Eco92. Um é o Rio+20 oficial, outro é o da comunidade, das ONGs.

Espero muito mais de movimentos como o ‘Occupy’, que estará no encontro. Eles terão um microfone para falar ao mundo, que estará olhando para o Rio de Janeiro, o que é muito importante.

O sr. acha que os três pilares da sustentabilidade (ambiente, sociedade, economia) estão bem representados no encontro?

Sim. O problema é que a questão climática foi barrada, por causa da força dos Estados Unidos. As companhias de petróleo compraram os políticos norte-americanos, há uma corrupção enorme e conseguiram fazer com que essa questão urgente não seja nem discutida.

Se deixarmos para discutir depois, será muito tarde?

Talvez já seja muito tarde. Mas, primeiro, eu não sei se já é tarde mesmo e, segundo, eu não penso nisso. Se eu me preocupasse, ficaria paralisado. Prefiro trabalhar, ensinar as pessoas, escrever livros, ser ativo e criativo, em vez de ficar pensando se há ou não tempo para fazer algo.

Fonte: Folha Uol

Anúncios