You are currently browsing the tag archive for the ‘Thyssenkrupp Companhia Siderúrgica do Atlântico (TKCSA)’ tag.

O programa A Liga, na quarta parte da matéria “O Perigo Mora ao Lado”, retrata a questão dos moradores de Santa Cruz, zona oeste do Rio de Janeiro, que sofrem com a presença da Thyssenkrupp Companhia Siderúrgica do Atlântico (TKCSA). O projeto da companhia foi negado em vários países por conta do seu modelo de produção ultrapassado e poluente. No Rio, foi aceito prontamente, inclusive com direito a incentivos fiscais.

 Durante a Rio+20, movimentos sociais já haviam ido à Santa Cruz ouvir a comunidade, na tour Rio+Tóxico.
Veja também o material produzido pelo CEA, durante a Cúpula dos Povos na Rio+ToxicTour AQUI

A bióloga Mônica, conta como a empresa, juntamente com o Poder Público, tentou vender a idéia de uma Escola Verde, fazendo uma falsa Educação Ambiental. Talvez uma espécie de adestramento ambiental. No entanto a comunidade escolar não é boba e está mobilizada e em resistência contra essa propaganda enganosa, que parece uma tática nazista, mas que saiu pela culatra.

Os particulados que caiam constantemente sobre a comunidade de Santa Cruz, mas negados pela empresa. A saúde da população local está muito comprometida. As lembrancinhas do “mal”da TKSA foram gentilmente dadas aos participantes da Toxic-Tour para auxiliar na divulgação de tal crime ambiental. Foto: Cintia Barenho/CEA

Participamos do Rio Toxico-Tour, pelo qual visitou-se o município de Santa Cruz-RJ, no qual foi terrivelmente premiado com  projeto da Thyssenkrupp Companhia Siderúrgica do Atlântico (TKCSA). Tal projeto foi negado em outros países e estados. No entanto, o Rio de Janeiro – a cidade que recebe a Rio+20 com o discurso de busca de alternativas aos impasses ambientais – acolheu prontamente a megasiderúrgica, oferecendo inclusive incentivos fiscais.

O empreendimento, instalado em 2010, operou até 2012 sem filtros em suas chaminés (para dar apenas um exemplo), ocasionando constantemente chuvas de partículados, chamados pelos moradores de “chuva de prata”. Inclusive na visita feita à comunidade, fomos presenteados com lembrancinhas do “mal”no qual colocaram os particulados para auxiliarmos no protesto, resistência e solidariedade à comunidade.

Não precisamos falar que as pessoas que “ousam” denunciar o crime vivido, estão constantemente sendo ameaçados e perseguidas. Uma das moradoras, que teve laudo médico apontando as causas de seus problemas de saúde causados pela TKCSA, não consegue atendimento e o médico que assinou tal laudo (contestado pela empresa) foi transferido do posto de saúde. A comunidade, infelizmente, está numa ilha do mal.

Vamos seguir contando mais dessa história….

Veja Fotos AQUI 

midialivre

arte2

BannerForum120x240

codigoflorestal22

Assine e receba as atualizações do Blog do CEA por email. Basta clicar no link acima, ao abrir uma janela, coloque seu email, digite o código que aparece e confirme. Será enviado um email solicitando sua confirmação. Obrigad@.

Frase

“De tanto postergar o essencial em nome da urgência, termina-se por esquecer a urgência do essencial.” Hadj Garm'Orin

Apresentação

O Centro de Estudos Ambientais (CEA) é a primeira ONG ecológica da região sul, constituída em Rio Grande/RS/Brasil, em julho de 1983.

Nos siga no Twitter

Acessos desde 04/11/08

  • 1.265.797 Visitas

Campanhas e Parcerias

Flickr PIT 531 - Logotipo Pedal Curticeira - Pedal Curticeira2 um-carro-a-menos_outra2 Flickr

Flickr

Flickr

Visitantes on-line

Países Visitantes

free counters

Pesquise por Temas

Direito à Informação Ambiental

As publicações elaboradas e publicadas pelo CEA, bem como suas fotos são de livre reprodução, desde que não haja fins econômicos, que sejamos informados através do mail ongcea@gmail.com e com expressa citação da fonte nos termos a seguir: Fonte: Blog do Centro de Estudos Ambientais (CEA).
%d blogueiros gostam disto: