Post Revisado!!

Depois de anos tramitando no Congresso Nacional, deputados aprovam a legalização do crime ambiental e da mercantilização da natureza!!

O Plenário rejeitou, por 274 votos a 184 e 2 abstenções, o texto aprovado pelo Senado, o qual recebeu parecer contrário do relator, deputado Paulo Piau (PMDB-MG). Ou seja, quem votou Não, votou a favor do relatório do deputado Piau e contra a texto aprovado pelo Senado, que era menos anti-ecológico. Os que votaram SIM, buscavam que o texto do Senado fosse o escolhido para, mesmo assim fleixibilizar o Código Florestal.

Abaixo destacamos o voto dos representantes gaúchos.

Veja a lista completa AQUI. Também indicamos que seja visto como votaram o deputados federais em 24 de maio, quando aprovaram de fato as mudanças no Código Florestal, bem como a votação feita pelo Senado Federal.

Rio Grande do Sul (RS)
Afonso Hamm PP   Não
Alceu Moreira PMDB   Não
Assis Melo PCdoB PsbPtbPcdob Não
Bohn Gass PT   Sim
Danrlei De Deus Hinterholz PTB PsbPtbPcdob Não
Darcísio Perondi PMDB   Não
Enio Bacci PDT   Sim
Fernando Marroni PT   Sim
Giovani Cherini PDT   Sim
Henrique Fontana PT   Sim
Jeronimo Goergen PP   Não
 Alexandre Roso  PSB    Não
José Stédile PSB PsbPtbPcdob Sim
Luis Carlos Heinze PP   Não
Luiz Noé PSB PsbPtbPcdob Sim
Manuela D`ávila PCdoB PsbPtbPcdob Sim
Marco Maia PT   Art. 17
Marcon PT   Sim
Paulo Ferreira PT   Sim
Nelson Marchezan Junior PSDB   Não
Osmar Terra PMDB   Não
Paulo Pimenta PT   Sim
Renato Molling PP   Não
Ronaldo Nogueira PTB PsbPtbPcdob Não
Ronaldo Zulke PT   Sim
Sérgio Moraes PTB PsbPtbPcdob Não
Vieira da Cunha PDT   Sim
Vilson Covatti PP   Não
Onyx Lorenzoni                                         DEM                                                                  Não