Demorou, mas chegou também a vez do CEA na vitrine digital mais famosa da internet: o YouTube. O tributo por tal ato cabe a ONG AMIZ, de Pelotas/RS, em razão de um projeto de sua responsabilidade, denominado Clube Ambiental.

O vídeo apresenta parte do resultado do Clube Ambiental, cuja realização só foi possível por que, além do compromisso já consolidado da AMIZ na luta contra a exploração das pessoas e do ambiente por aqueles que detém poder econômico, ainda na década de 90, o movimento ecológico local lutou, redigiu e aprovou a lei que criou o Fundo Municipal de Proteção e Recuperação ambiental (FMAM), gerenciado pelo Conselho Municipal de Proteção Ambiental (COMPAM), órgão máximo da política ambiental municipal.

O FMAM tem apoiado diversos projetos de ONGs, em que pese a grande maioria dos seus recursos serem destinados aos órgãos públicos, os quais possuem fonte orçamentária permanentes:os tributos e as multas. A Secretaria Municipal de Qualidade Ambiental de Pelotas (SQA), tem recebido grande parte dos recursos, seguida por Universidades e, somente depois, as ONGs, cujos projetos, na avaliação do CEA, são os que mais dão retorno ecológico.

Esse fato não se dá porque as ONGs não apresentam projetos ou porque eles não aprovados pelo COMPAM, mas por que, nos últimos anos, a governo local tem retido a maioria dos recursos de forma ilegal, em que pese o colegiaod ambiental local ter estabelecido destinação para os mesmos.

O CEA espera que esse vídeo seja mais um instrumento de sensibilização, debate e entendimento das questões ecológicas, o qual pode ser usado livremente por todos, em qualquer parte do mundo.

Acessem e usem o vídeo:

Parte 1

Parte 2

Parte 3

Logo AMIZO que é a ONG AMIZ?
“Em 1996 foi realizado pela UFPel / ESEF o projeto de pesquisa “A Produção de Violência na Corporeidade de Crianças e Adolescentes em Situação de e na Rua na Cidade de Pelotas”. Em 1997 aquela pesquisa transformou-se em Projeto de Extensão, que foi denominado Projeto Amizade. Em 1998 os educador@s sociais envolvidos na execução do Projeto, sentiram a necessidade de redefinirem o seu foco de intervenção, e como a maioria da população atendida era oriunda do Loteamento Dunas, resolveram direcionar sua atuação nesta comunidade. A partir das experiências acumuladas nas atividades sócio- educativas, desenvolvidas pelo Projeto Amizade, e as vivências com os movimentos comunitários do Loteamento Dunas, um grupo de formandos da Universidade Federal de Pelotas (pedagogia, direito e educação física), constituíram, em 2001, a organização não governamental – AMIZ – Unidade de Formação e Capacitação Humana e Profissional.”
Mais informações: AMIZ e Rede Vidadania

Anúncios