20081010_arroz3

Escândalo da contaminação nos EUA

Em 2006, o mercado de arroz dos Estados Unidos sofreu o maior abalo de sua história com a denúncia de contaminação por variedades transgênicas. Cerca de 63% das exportações americanas de arroz foram contaminadas pelo arroz LL601 da Bayer, que vinha sendo plantado experimentalmente no país até 2001. O prejuízo foi imenso, tanto para os agricultores americanos, que tiveram seu arroz recusado, como para os comerciantes (principalmente europeus), que não puderam comercializar o produto, por estar ele contaminado por uma variedade transgênica não aprovada em diversos países.

A contaminação dos estoques americanos de arroz causou um prejuízo de mais de US$ 1 bilhão a produtores, processadores e comerciantes de pelo menos 30 países – principalmente na Europa.

Centenas de agricultores americanos e empresários europeus que importaram o arroz contaminado dos EUA entraram com ações contra a Bayer para recuperar suas perdas. Os agricultores americanos sofreram ainda um boicote à sua produção por parte de países importadores de arroz, ampliando ainda mais seus prejuízos.

Fonte: Greenpeace

Anúncios