Reproduzimos aqui email recebido, via Rede das entidades do CNEA.

AMIANTO E OS MAGNATAS DA ETERNIT NO BANCO DOS RÉUS EM JULGAMENTO DO SÉCULO EM TURIM /ITÁLIA

https://i0.wp.com/radiocriciuma.com.br/imagens_editor/amianto02.jpg

Prezados amigos e amigas jornalistas, ativistas, apoiadores, expostos e vítimas do amianto

Finalmente o maior processo sobre crime corporativo de todos os tempos (O GENOCÍDIO DO AMIANTO), e tão esperado por nós, terá início no próximo dia 6 de abril na Italia….os acusados: a poderosa familia suíça, cujo membro mais high profile é  Stephan Ernest Schmidheiny (Presidente do Conselho Empresarial do Desenvolvimento Sustentável e grande destaque na Rio/92, onde figurou como o guru ambiental autor de conceitos como ecoeficiência e tecnologias ambientalmente amistosas) que afirmou arrogantemente ao Wall Street Journal que não se imagina cumprindo pena numa prisão italiana (talvez preferisse continuar a explorar o mundo subaquático das ilhas do mediterrâneo, sua maior paixão) … o grupo Eternit foi controlado pelos ramos suíço-belga ( Schimidheiny + De Cartier), citados abaixo no processo, que se inicia no dia 6/4/2009 e teve entre suas maiores fábricas a de Casale Monferrato na região do Piemonte na Itália e a de Osasco na grande São Paulo, ambas fechadas nas útlimas décadas do século XX, como parte da bem engendrada estratégia de ocultação das suas vítimas, que já eram muito numerosas naquela época . No Brasil, o grupo passou ao controle francês (Saint-Gobain com a denominação Brasilit por mais uma década com ainda a participação acionária do magnata do amianto suíço através de outras empresas de seu grupo tais como AMANCO (também vendido recentemente), GrupoNueva, Masisa (exploração de madeira e reflorestamente) e Plycem Company), mas no início deste século XXI a empresa foi totalmente nacionalizada e está hoje sendo negociada na BOVESPA, sendo um dos maiores controladores a BAHEMA Participações (até recentemente a ETERNIT do Brasil era controlada pelo Fundo de Participação SOcial do BNDES e do Fundo de Pensão do Banco Central-CENTRUS).

Grande mobilização é esperada de grupos ambientalistas e de vítimas de todo o mundo em apoio a este que pode ser o maior e mais importante processo contra os crimes cometidos contra a saúde pública em todo o mundo e que tem a frente um dos mais importantes Procuradores de Justiça italianos, Rafaelo Guariniello, que desbaratou a máfia do futebol italiano e outros casos de grande repercussão midiática.

A luta continua …..A VITÓRIA É CERTA! CONVOCAMOS TODOS A TORINO (capital da região piemontesa, onde se situava  a fábrica de Casale Monferrato e a maior mina de amianto européia de Balangero) PARA APOIAR ESTE JULGAMENTO QUE PARA NÓS QUE LUTAMOS PELA DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA, SAÚDE E MEIO AMBIENTE TERÁ O MESMO SIGNIFICADO DO QUE O TRIBUNAL DE NUREMBERG E A NOSSA MASSIVA MOBILIZAÇÃO É O QUE GARANTIRÁ O SUCESSO DESTA BATALHA JURÍDICA.

Ass: Fernanda Giannasi

https://i2.wp.com/www.bwint.org/gifs/makehardiepay.jpg


Para maiores informações acesso o Blog Asbestos in the dock

Para conhecer relato sobre uma das vítimas brasileira acesse Vi o Mundo

Anúncios