Reproduzimos publicação do blog Diário Gauche acerca da recente discurso de um senador gaúcho. O mesmo, com uma repentina preocupação ambiental, omite  fatos de sua preocupação “nada ambiental” em prol da papeleira sueco-filandesa Stora Enso.

Petebista faz discurso preocupado com o meio ambiente no RS

Ao discursar na quarta-feira de cinzas, 25 de fevereiro, o senador Sérgio Zambiasi (PTB-RS) demonstrou preocupação com o avançado processo de desertificação de áreas no Sudoeste do Estado do Rio Grande do Sul. A área atingida, disse o senador, abrange pelo menos dez municípios da chamada região da Campanha: Alegrete, Cacequi, Itaqui, Maçambará, Manuel Viana, Quaraí, Rosário do Sul, São Borja, Unistalda e São Francisco de Assis.

“Defendem alguns especialistas que o termo correto a ser empregado, nesse caso, não é desertificação, fenômeno típico das regiões áridas, e, sim, arenização. O fato é que o seu resultado é muito semelhante àquilo que todos nós costumamos entender por deserto: vastas áreas cobertas de areia e quase desprovidas de vegetação, que já se estendem por cerca de um milhão e meio de hectares – registrou o valente senador guasca. Outro problema ambiental da Região Sul do país, acrescentou Zambiasi, é a ameaça de desaparecimento das florestas de araucária, que estariam reduzidas atualmente a pouco mais de 1% da cobertura original.”

……………………………………………….

O ano de 2009 está apenas no curso do terceiro mês, entretanto, já é possível conceder o troféu cara-de-pau do ano ao senador petebista.
A papeleira sueco-finlandesa Stora Enso estava em dificuldades com a lei, ano passado. Havia comprado 56 mil hectares de terras para fins de instalação da monocultura extensiva do eucalipto em terras de fronteira. A lei brasileira não permite que capitais estrangeiros explorem ou sejam proprietários de terras em áreas de fronteira internacional. A papeleira estava, pois, cometendo crime ao implantar o deserto verde em áreas proibidas. O senador Zambiasi rapidamente encontrou uma solução para o caso. Fez um projeto para acabar com a lei que colocava em situação de crime a papeleira sueco-finlandesa.
Este é o senador Zambiasi, o mesmo que agora discursa na tribuna do Senado para manifestar preocupação com o meio ambiente no Rio Grande do Sul.

Fonte: Diário Gauche

Anúncios